Menu

Leitura

Blogs Amigos

Novas



Dignidade
18Fev2008 20:20:00
Publicado por: Edi

Por ti definho, murcho,

Ardo em saudade,

Em dor que não cessa.

Busco teus sinais

Na escuridão que me envolve,

Na luz que não vejo,

Na voz que não ouço

E penso a morte...

Vejo-te por um momento breve

E me escapa um oi quase mudo

Quando o que eu queria era ignorar-te.

Por ti calo em mim

O brio que não tenho,

O orgulho que me humilha,

A palavra que me enclausura

Dentro do nada.

Por ti fecho os meus olhos cansados

E presto-me a mais uma noite insone,

Onde beberei o veneno do amor próprio

E a angústia da dignidade.

 

Edi




Partilhar:

Por: los 19Fev2008 04:48:22
Excelente!!!
Dentro do nada,estou aqui amiga.

Beijo na alma.


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.